Arquivo diário: 14/06/2022

Viagem a Portugal em representação da Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade da UCB


Há quase quinze anos de sua criação a Catedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade trabalha na construção de uma rede de cooperação interuniversitária nacional e internacional. É o que nos motiva a estarmos presentes em Portugal, mais precisamente na região do Porto, dos próximos dias 9 a 23 de junho para aprofundarmos contatos e parcerias, algumas já existentes há vários anos, com três entidades universitárias do norte de Portugal.


Trabalhamos, outrossim, no sentido de assumir nos diversos níveis organizacionais, curriculares e de políticas acadêmicas, os objetivos de desenvolvimento sustentáveis dentro as universidades do Grupo UBEC, como a UCB, FICB, Unicatólica e Unileste.
Como é um trabalho em rede, às vezes se manifesta invisível, mas presente através da ponta do iceberg das nossas pesquisas e consequentes publicações, impulsionadas pela Cátedra que, nos últimos dez anos, compreendem cerca de setenta títulos de livros (uma dezena ao ano) voltados para as temáticas de juventude e educação. De modo especial sobre os direitos humanos, culturas de paz e processos educativos voltados à pedagogia escolar e à pedagogia social.

Durante o mês de junho o Prof. Geraldo Caliman faz uma série de visitas a algumas universidades portuguesas em representação da Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade. São entidades universitárias conveniadas ou parceiras da Cátedra UNESCO.

No dia 6 de junho, segunda feira, o Prof. Caliman falou na Abertura do II Congresso de Ação Humanitária e Cooperação para o Desenvolvimento 6 de junho. O evento é organizado pelo Prof. João Casqueira Cardoso, professor da Universidade Fernando Pessoa e pesquisador associado à Cátedra UNESCO/UCB.

Dia 13, Segunda feira, na cidade do Porto realiza-se uma visita e assinatura de parceria com o Externato Santa Clara/ Academia Beatriz Ribeiro. Esta instituição tem como base da sua concepção pedagógica a transdisciplinaridade, visando contribuir para a formação de cidadãos com uma sólida componente pessoal, social, científica e tecnológica e que desenvolvam as competências necessárias para um bom desempenho profissional e cívica, com autonomia e espírito crítico, com vista à integração na sociedade global em constante mudança. O Externato Santa Clara/Academia Beatriz Ribeiro aposta numa escola inclusiva tem em vista que todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontrem respostas que lhes possibilitem a aquisição de um nível de educação e formação facilitadores da sua plena inclusão social.

No dia 15 o prof. Caliman profere uma conferência no Seminário Internacional de Educação, Sociedade e Culturas em Perspectivas Futuras. Sua contribuição discorrerá sobre a Dimensão Social da Educação e suas perspectivas em terras brasileiras.

Dia 17, sexta feira teremos participa de uma visita à Associação para o Desenvolvimento Integrado da Cidade de Ermesinde. É uma Instituição Particular de Solidariedade Social do Município de Valongo, como também ao Centro de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) que pretende uma parceria com a Cátedra UNESCO 812. Na CESPU o Prof. Geraldo Caliman fará conferência sujeita ao tema Metodologias pedagógicas voltadas para a inclusão social e fará a abertura/o lançamento do Programa internacional de pós doutoramento em Ciências Sociais.

Dias 20, 21 e 22 estará no Norte de Portugal, em Fafe, mais precisamente no Instituto de Ensino Superior de Fafe (IESF) uma Universidade já parceira da Cátedra UNESCO desde 2015. O Prof. Caliman fará uma Conferência sobre o desenvolvimento da Pedagogia Social no Brasil, para os estudantes da Graduação em Educação Social desta Universidade.

Cidade do Porto: Assinatura de Parcerias Institucionais


Assinatura de convênio, na cidade do Porto, dia 13, segunda feira, com o Centro de Educação Profissional Santa Clara/ Academia Beatriz Ribeiro a qual passa a fazer parte da Rede de parceiros da Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade e se alinha com os princípios e os objetivos da mesma. Esta instituição tem uma forte função social de inclusão no atendimento de pessoas que vagam pelas ruas da cidade ou atingidas por diversos tipos de problemas. Sua concepção pedagógica se baseia na transdisciplinaridade, visando contribuir para a formação de cidadãos com uma sólida componente pessoal, social, científica e tecnológica e que desenvolvam as competências necessárias para um bom desempenho profissional e cívica, com autonomia e espírito crítico, com vista à integração na sociedade global em constante mudança. O Externato Santa Clara/Academia Beatriz Ribeiro aposta numa escola inclusiva tem em vista que todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontrem respostas que lhes possibilitem a aquisição de um nível de educação e formação facilitadores da sua plena inclusão social, assinatura de parceria com o Centro de Educação Profissional Santa Clara/ Academia Beatriz Ribeiro.