Início > Catedra UNESCO, Eventos & Congressos > Redes Sociais na Pedagogia Social: entre Vínculos Afetivos e Interinstitucionais

Redes Sociais na Pedagogia Social: entre Vínculos Afetivos e Interinstitucionais

28 de março de 2012 Deixe um comentário Go to comments

O artigo, publicado nos Anais do 3º Congresso Iberoamericano de Pedagogia Social, em CANOAS, ULBRA, RS (19-21 de outubro de 2011) parte de uma breve análise das pesquisas atuais no campo das redes sociais para identificar as perspectivas sob as quais os estudos da Pedagogia Social poderiam se situar. Identifica as dinâmicas das redes sociais no âmbito da Pedagogia Social em duas perspectivas mais amplas: psicossocial e organizacional. As redes em nível psicossocial são aqui consideradas a partir das dinâmicas que as alimentam, tais como: (1) as redes de proteção e de relações compostas pela família, pela comunidade e pelos sujeitos institucionais; (2) as variáveis indutoras de resiliência; (3) o cultivo de vínculos afetivos; (4) a eficácia das comunidades educativas, que, através de uma clara e forte proposta de valores, é capaz de gerar ambientes de proteção e de resiliência e de reforçar identidades. Dentro de uma perspectiva organizacional identificamos o desafio que representa para a Pedagogia Social a construção de redes institucionais, das redes de redes, dos fóruns de defesa e de movimentos sociais, como também das redes sociais virtuais como instrumentos para a ativação da sociabilidade e das relações.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: